Catequese Familiar

Irmã Rosa Cândida Gomes
Nadir Ribeiro

Pessoas envolvidas:

A “Família é a célula vital da sociedade e da Igreja. A futura evangelização depende, em grande parte, da Igreja doméstica” (Papa João Paulo II em «A Missão da Família Cristã no mundo de hoje», nº 52).
A Catequese Familiar começou na nossa Paróquia no ano passado. Neste momento, contamos já com dois grupos: o 1º e o 2º anos. Fruto de uma preocupação crescente em colocar novamente a família no centro da educação cristã das nossas crianças e jovens, a Catequese Familiar vem dar um novo sentido ao itinerário catequético e ao crescimento pessoal na Fé. A necessidade e das paróquias criarem grupos de Catequese Familiar, como meio privilegiado na reconstrução da instituição familiar, não é, ao contrário do que muitos pensam, um modelo recente para a educação cristã. Pelo contrário. Este é um problema antigo e, há muito, vem sendo sentido pelos párocos e responsáveis pela pastoral um pouco por todo o mundo.
Foi, porém, o Papa João Paulo II que, logo no início de seu longo pontificado, ao analisar os rumos que a sociedade estava a seguir, teve a coragem e ousadia de, em dois documentos de extraordinária importância, chamar a atenção dos Bispos, principais responsáveis da evangelização, para este assunto de suma importância: a FAMÍLIA. Como bem sabemos, nos dias que correm, o Papa Francisco tem continuado a aprofundar o papel e a vocação da Família, pelo que faz todo o sentido que os pais e os avós sejam chamados a iluminar a Fé das suas crianças.
Assim, é absoluta a necessidade da Catequese Familiar no mundo atual, pois ela é o meio mais simples, prático e eficaz para a reconstrução da Família e da Fé Cristã.

Catequistas e Animadores Familiares da Catequese Familiar da Paróquia de Monserrate:

1º Ano, Pais - animadora familiar Nadir Ribeiro
1º Ano, Crianças - catequista Ana Braz e Eduarda
2º Ano, Pais - animadora familiar - Irmã Rosa Gomes, FMA
2º Ano, Crianças - Felicidade Oliveira

Neste momento, a paróquia de Monserrate conta com trinta e duas famílias envolvidas no Projeto de Catequese Familiar.
O objetivo da Catequese Familiar é caminhar junto com as famílias, tendo em vista o crescimento dos seus membros na fé. “Igreja Santa de Deus, tu não podes cumprir a tua missão, não podes realizar a tua missão, no mundo, senão por meio da FAMÍLIA e sua missão!” (João Paulo II, Oservatore Romano 31.12.1988).

“A acção catequética da família tem um carácter particular e, em certo sentido, insubstituível, justificadamente posto em evidência pela Igreja, de modo especial pelo Concílio Vaticano II.
A educação para a fé, feita pelos pais — a começar desde a mais tenra idade das crianças — já se realiza quando os membros de determinada família se ajudam uns aos outros a crescer na fé, graças ao próprio testemunho de vida cristã muitas vezes silencioso, mas perseverante, no desenrolar da vida de todos os dias, vivida segundo o Evangelho. (…) (CT68)

As dinâmicas realizadas ao longo do ano pela Catequese Familiar obedecem ao itinerário catequético comum a todos os grupos de Catequese.
No entanto, a forma como a Catequese está organizada é um pouco diferente, face à necessidade das famílias terem tempo para trabalharem em casa os temas propostos.

Assim, a Catequese Familiar cumpre mensalmente o seguinte percurso:

Uma Catequese, Quatro tempos
• Tempo 1: Encontro de Pais (catequese de adultos), na paróquia, duas vezes por mês; Objetivos: descoberta da fé dos adultos e fornecer aos familiares sugestões para comunicar, em família o que foi amadurecido no grupo.

• Tempo 2: diálogo em família (momento central de toda a catequese familiar).

• Tempo 3: encontro das crianças na paróquia, duas vezes por mês.

• Tempo 4: o Domingo, na paróquia, no final de cada mês.

Para saber mais sobre a Catequese Familiar, solicite informações no Acolhimento Paroquial ou leia o Livro "A Catequese Familiar: Reflexões e propostas de Trabalho” da autoria do padre Vasco da Cruz Gonçalves.